06/05/2018

Não é tudo igual! Saiba diferenciar joia, semijoia e bijuteria

 

Entenda de maneira objetiva como não se confundir com esses três conceitos

 

Dentro do mundo das pedras preciosas nas formas puras ou mistas, é muito comum as pessoas acabarem incluindo termos como joia e semijoia no mesmo “bolo”. Ou mesmo algo pior, sequer conseguindo diferenciar joias e semijoias de bijuterias, acreditando que somente observar preços e locais de venda são suficientes para conseguir fazer essa distinção.

 

Em meio a isso, situações muito ruins podem fatalmente acontecer com o seu investimento, suas intenções de combinar peças ou mesmo se você almeja adentrar na venda desse tipo de produto. Imagine só que desagradável oferecer um produto o qual você sequer é capaz de afirmar com correção e precisão porque pertence a esse tipo de categoria de joia, semijoia ou bijuteria?

 

Porém, você não precisa passar por esse tipo de situação. A seguir, você verá uma sequência que não tenta falar apenas com termos técnicos, mas sim de maneira objetiva, o que separa esses três tipos de peças. Peças essas que, cada uma a sua maneira e sem preconceito de valor, podem tornar o visual de qualquer mulher uma verdadeira obra de arte.

 

ATENÇÃO, ATENÇÃO! ANTES DE CONTINUAR LENDO, QUE TAL GANHAR UM DESCONTO NA ILLUMINÉ ACESSÓRIOS? ASSINE NOSSA NEWSLETTER PELO NOSSO SITE OU ENVIE UM E-MAIL PARA contato@illumineacessorios.com.br E RECEBA SEU CUPOM

 

O que é uma joia?

A preciosidade da joia é o que há de mais puro e nobre na separação dessas três categorias e que, invariavelmente, terão os valores de aquisição mais caros. Isso porque, desde a sua composição inicial, ela é lapidada unicamente através de metais nobres.

 

Até mesmo por isso e o alto preço de produção que existe em confeccionar peças desse tipo, não ache incomum ou “desleal” na venda de joias os preços serem mais elevados. O custo de extração, transporte e até mesmo segurança de peças compostas geralmente por ouro, prata ou mesmo diamante também é grande, logo, para se ter uma margem natural de lucro, os preços de mercado precisam seguir essa linha.

 

O que é uma semijoia?

O nome em si (semijoia) para quem entendeu o conceito de joia já deixa bem claro qual é o intuito. Enquanto a joia é 100 % por materiais nobres, a semijoia tem um “misto” de itens nobres com toques de bronze, latão, ou seja, itens de menor preço mercadológico.

 

Vale frisar algo importante e que naturalmente pode confundir as pessoas: Só de olhar muitas vezes não é possível afirmar tendo certeza se uma peça é efetivamente joia ou semijoia. Isso porque, de acordo com a lapidação ou formato do anel, brinco, colar etc, essa composição se mistura de maneira bastante próxima.

 

O que é uma bijuteria?

Apesar de muitas peças de bijuteria por vezes terem um design refinado e coloração parecida com as joias e semijoias, a semelhança para por aí. Até mesmo para serem mais acessíveis na questão do preço, a bijuteria contém, no máximo, uma fina camada de metal nobre como, por exemplo, nos casos onde falam algo como “banhada a ouro”.

 

Não são poucas as situações onde só existe mesmo a composição de metais e materiais não-nobres, sendo a grande vantagem desse tipo de item as milhares de possibilidades de design e, obviamente, combinações de visual.

 

INFORMAÇÕES SOBRE NOVIDADES DE CONTEÚDO E PRODUTOS DA ILLUMINÉ ACESSÓRIOS? DEIXE SEU E-MAIL E NÃO PERCA NADA!